Conhecendo a Associação Brasileira de Bruxaria

Atualizado: 17 de mar.

Secretária da Magia - Mércia Santana


Esta é a sede da Associação Brasileira de Bruxaria, localizada em Paranapiacaba, fundada pela Presidente da Associação Tânia Gori, que também é fundadora da Casa de Bruxa e idealizadora da Convenção das Bruxas e Magos em Paranapiacaba.

Esta histórica construção, tem a alegria de se tornar história novamente, cheia de vida e encanto. Cada cômodo desta casa, construída para abrigar um dos engenheiros ingleses - e sua família - que chegaram à Vila de Paranapiacaba para a construção e manutenção da sua famosa ferrovia, foi usada para unir histórias: da cidade e mitologias e lendas. Também há eventos com vivências holísticas, práticas de terapias integrativas, leitura de oráculos, aulas com grandes professores e mestres em magia, além de uma loja com os mais variados produtos dentro deste segmento. E tudo isso, com muito encanto e uma alegria agitada de todos que entram neste espaço.



Na entrada da sede, onde antes era a sala de visitas, hoje é a Sala Ganesha. Lorde Ganesha, uma divindade da mitologia hindu, é o deus removedor de obstáculos, protetor da família e que traz a prosperidade aos locais onde ele se encontra. Com entremeios dourados na parede, é feita a referência à prosperidade e abundância relacionadas ao Lorde Ganesha.



Para que o visitante tenha uma experiência muito mágica, as paredes são da cor lilás, a cor da transmutação, a cor do chakra coronário, que nos convida à libertação de padrões pré estabelecidos e de nossas limitações, nos induzindo já na entrada, a abrir a mente para receber as melhores energias e soltar a imaginação. E você ainda experimenta tudo isso, acompanhado de sons de mantras, nos envolvendo completamente para não apenas ver, mas sentir o mundo mágico e livre da Associação.


Ainda assim, o charme e o aconchego de uma sala de estar do século XIX está presente no mobiliário, incluindo um telefone antigo da casa, cadeiras no estilo Renascimento e um lustre candelabro estilo provençal encantador.


Esta sala é um verdadeiro convite a deixar lá fora as preocupações e aflições do mundo material, e abrir a mente para algo mais, para um mundo de infinitas possibilidades.




Seguimos para a Sala Tupã, da mitologia brasileira, que recebeu a influência de diversos povos, mas a indígena é a mais forte e rica. Tupã, para os indígenas, é o Deus Criador, que criou o mundo e tudo o que nele há e deu vida aos seres da Terra. Também era conhecido como o Deus Sol e o Deus do Trovão, ou seja, sempre relacionado à luz, que traz energia, vigor, vida. As paredes amarelas, representam o ouro da nossa nação, a riqueza, a prosperidade.

Como não poderia ser diferente, nesta sala encontra-se a loja da Associação, com diversos artigos, de várias mitologias, inclusive das lendas da Vila de Paranapiacaba. Aqui você encontra desde imagens belíssimas feitas por artistas nacionais e estrangeiros, como também oráculos de vários tipos, bijuterias, incensos, poções, elixires, livros, mandalas, gráficos radiestésicos, canecas, camisetas, ervas, velas, etc...



A imaginação e criatividade aqui não tem fim, inclusive da pessoa que atende aos visitantes, que parece ter energia sem fim para colocar em palavras o que cada objeto deste espaço traz de história, curiosidade ou benefício. Se prepare, pois é quase impossível você sair de lá de mãos vazias se depender do dinamismo dela!


A próxima sala é dedicada à tradição cigana, a Sala Santa Sara, sendo representada aqui pela imagem de Santa Sara Kali, que sendo colocada em um barco à deriva no mar, juntamente com as Três Marias e José de Arimatéia, fez uma promessa que levaria a palavra de Jesus à quem pudesse, se conseguissem escapar daquela situação. Chegando em terra firme, por ser uma escrava, não foi acolhida pelos moradores daquele lugar. Mas os ciganos, se compadecendo de sua situação, levaram-na.

Desde a sua chegada à tribo cigana, houve muita prosperidade e após a sua morte, foi elevada à condição de padroeira do povo cigano. As paredes verdes têm 2 motivos:

1) é o centro do terreno da ABB, portanto é feita uma referência ao chakra cardíaco

2) esta casa já foi a secretaria da educação em Paranapiacaba, e esta sala era o espaço onde haviam as aulas e para manter esta energia, ela foi mantida como a sala de cursos, e a cor verde ajuda a promover o equilíbrio interno e diminuir o estresse, sendo calmante, trazendo bem estar físico e mental, favorecendo o aprendizado.


As aulas e vivências são ministradas por mestres e professores ligados ao mundo holístico, cujo objetivo é levar você numa viagem ao seu mundo interior, para re-conhecer sua força, para uma reconexão com sua essência, representado aqui pela mandala xamânica.


Essa mandala tem por finalidade de nos levar ao equilíbrio e harmonização de nossas energias, representado pelo símbolo dos nossos 7 principais chakras.


Em sua porta, há uma mandala na cor rosa, mais uma referência ao chakra cardíaco, que tem a função de equilibrar os demais chakras, mas dessa vez, trazendo aqui a energia do amor e da harmonia.



Dedicada à mitologia egípcia, a Sala Thot tem suas paredes azuis, que traz tranqüilidade, favorece o exercício intelectual e estimula a criatividade, além de ser a cor do chakra laríngeo, que favorece a comunicação, não só com outras pessoas, mas consigo mesmo, com o seu eu, e assim aumentar o seu autoconhecimento, possibilitando a evolução espiritual e o reconhecimento de nossas responsabilidades neste mundo. E assim, esta sala torna-se mais mágica ainda. Thot, é o deus egípcio da sabedoria, do conhecimento, da escrita, da música e da magia. A sala tem um espaço que nos remete à alquimia, que no final das contas traz como resultado a transformação e/ou transmutação de algo, que é exatamente o que o conhecimento nos traz. Magia!





Obviamente não poderia deixar de mencionar as formas de comunicação em algumas formas distintas: livros, televisão, aparelho de som e mimeógrafo (!!!).



Há também uma referência à Thot quanto o trabalho que ele fazia, de registrar o resultado do julgamento daqueles que morriam, feito através da pesagem de seu coração em uma balança. Caso o coração pesasse menos que a pena de Maat, sua esposa, deusa da ordem e da justiça, o morto recebe o direito de viver eternamente junto à Osiris.



O mais interessante, é que esta sala realmente nos traz a sensação de grandeza, de poder, que é exatamente o que o conhecimento nos dá quando nos voltamos à ele. E, para quem tem sede de conhecimento, como uma linda magia, você não tem vontade de deixar essa sala que te envolve como um sonho.






No corredor da casa, está sendo construído o Memorial da Bruxaria: um mural com a história da Convenção das Bruxas e Magos em Paranapiacaba, que acontece desde 2003, realizada pela Casa de Bruxa, além dos eventos que acontecem na Associação.



Não poderia faltar uma menção ao nosso mago mais famoso na atualidade: Harry Potter. Aqui você tem um espaço dedicado a esta mágica e tão incrível aventura, e os fãs deliram ao chegar aqui e encontrar o chapéu seletor, que você pode usar para tirar fotos, o clima da inesquecível Estação Hogwarts Express 9 ¾ , a coruja, e a tão cobiçada Nimbus 2000.


No final do corredor, encontramos a sala da mitologia grega: a Sala Oráculo de Delphos. O Oráculo de Delpho, era o mais importante centro religioso da Grécia antiga, onde as pessoas recebiam previsões sobre o futuro, conselhos e orientações, de uma sacerdotisa do templo. Esta é a sala onde os oraculistas da ABB atendem quem gostaria de receber conselhos, orientações ou apenas tem curiosidade sobre o seu futuro. De paredes de cor violeta, que ajudam na abertura da mente para receber o novo, há um quadro com imagem de lobos.




Segundo a mitologia grega, Zeus, quando na forma de lobo, tornava a terra seca em terra fértil outra vez, ou seja, o visitante que chega até aqui, recebe toda influência energética propícia para entender as mensagens do oráculo, como se a mente (terra), abrisse novos caminhos (semente) para uma nova vida. Basta querer!




A Sala da Deusa, nos traz muita serenidade, tranqüilidade e aconchego com suas paredes azuis e cortina rosa. Os colchões espalhados são um convite a se sentir muito à vontade, ser livre de preocupações, voltar a ser criança, tirar a soneca da tarde tranquilamente sob o olhar da mãe sempre protetora. É essa sensação que essa sala nos traz: amor. Esta sala é dedicada à todas as Deusas de todos os panteões, de todas as mitologias. Há um altar com algumas imagens de deusas de povos diferentes, e ainda sendo ampliada, com a intenção de colocar o maior número possível de Deusas que se tem conhecimento no planeta. Aqui, é possível sentir a presença da vida, do amor, da força feminina.




Da mitologia nórdica, temos a Sala Thor, deus do trovão. Thor é um deus impetuoso, forte, decidido, protetor, alegre e com muita energia. Ele podia comer uma vaca inteira numa refeição. E não recusa uma briga por uma boa causa. Tudo isso combinado com paredes de cor amarela - lembrando que o amarelo é a cor da vida, energia, sol – faz desta sala o espaço perfeito para atendimento ao visitante que deseja reequilibrar suas energias física, mental, emocional e espiritual, levando você a iniciar um caminho de transformação através de técnicas como cromoterapia, radiestesia, cristais, Reiki, massagem terapêutica, auriculoterapia entre outras.




Como toda casa em que um dia morou uma família, a cozinha não podia deixar de existir e aqui foi transformada no charmoso Bistrô da Bruxa, onde em breve estará em atividade total para agradar de forma mágica, trazendo pequenas novas experiências sensoriais ao paladar que confundirão e deixarão sua mente maravilhada.




Do lado de fora da casa, o jardim bem cuidado, com um caldeirão no centro, é palco de rituais que acontecem na Associação. Não se acanhe: tire seus calçados e aproveite para trocar energia de forma natural e saudável com a terra, principalmente neste esse espaço mágico e consagrado de energias incríveis.





No fundo da Associação, há um espaço onde ocorrem as aulas práticas de Herbologia, para que o aluno aprenda a reconhecer e sentir as plantas in loco.




No final da rua Conselheiro Rodrigues Alves, está o Parque Natural Nascentes de Paranapiacaba. A energia das águas correntes auxiliam muito nessa troca energética e deixam o clima relaxante. Na frente da Associação, a água corre livremente e você pode aproveitar para se molhar e recarregar suas energias.




Está aberto o convite para que todas as pessoas que queiram qualquer tipo de mudança em sua vida, para conhecerem a Associação Brasileira de Bruxaria e descobrir esse mundo maravilhoso, cheio de vida, alegria e histórias.




Viaje pelas dependências ouvindo os detalhes dessas e outras histórias.



225 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo